Eclipses Solares e Lunares em 2016

Durante o ano de 2016 vão ocorrer 5 eclipses: 2 eclipses do Sol e 3 eclipses da Lua (estes 3 eclipses lunares serão apenas penumbrais). Os eclipses são dos acontecimentos astronómicos mais apreciados por muitos observadores, e como tal vamos neste artigo apresentar os horários e os locais onde os eclipses poderão ser observados durante o ano de 2016.

Vamos apresentar por ordem cronológica os eclipses do Sol e da Lua que vão ocorrer em 2016, tendo em conta que o horário aqui apresentado é em Tempo Universal (TU), e não em horário local. Este é um aspecto importante a ter em conta. O motivo de ser apresentado dessa forma, é devido ao fato dos visitantes deste site serem de locais bastante diversos, com horários locais muito diferentes. Por exemplo, um visitante deste site que esteja no Brasil está com um horário local diferente do horário de Portugal, de Angola ou do horário local de Moçambique. A partir do Tempo Universal, precisamos de converter em Tempo Local, conforme a nossa localização geográfica.

Vejamos então de seguida a lista dos eclipses em 2016:

Eclipse total do Sol – 8 / 9 de Março de 2016

Início do eclipse parcial: 23:19 de 08 de Março de 2016 TU (Tempo Universal, precisamos de o converter para o horário local)
Início do eclipse total: 00:15 TU
Máximo do eclipse: 01:59 TU
Fim do eclipse total: 03:38 TU
Fim do eclipse parcial: 04:34 TU

Na sua forma de eclipse total do Sol, este será visível numa faixa muito estreita começando no Oceano Índico, passando pela Indonésia, e terminando no Oceano Pacífico. Na sua forma de eclipse total, a duração máxima será de 4 minutos e 9 segundos nos locais privilegiados para a observação do mesmo. Na sua forma parcial, poderá ser observado numa extensa região que abrange o sudeste asiático, grande parte da Austrália e grande parte do Oceano Pacífico.

Eclipse penumbral da Lua – 23 de Março de 2016

Lua entra na penumbra: 09:39 TU (Tempo Universal, precisamos de o converter para horário local)
Meio do eclipse: 11:47 TU
Lua sai da penumbra: 13:55 TU

Este eclipse penumbral da Lua poderá ser observado em grande parte da Ásia, no Oceano Índico, na Oceania, no Oceano Pacífico, América do Norte, grande parte da América do Sul, e uma parte do Oceano Atlântico. De salientar que num eclipse penumbral da Lua, o nosso satélite apenas diminui um pouco o seu brilho, podendo passar despercebido a quem não souber da ocorrência deste fenómeno astronómico.

Para ver com mais pormenor quais os locais onde este eclipse lunar poderá ser observado, clique aqui

Eclipse penumbral da Lua – 18 de Agosto de 2016

Este eclipse será quase totalmente imperceptível. Apenas uma muito pequena parte da Lua passará pela penumbra da Terra, com poucos minutos de duração. Assim fica aqui este dado meramente indicativo, pois tal não proporciona uma observação astronómica relevante.

Eclipse anular do Sol – 1 de Setembro de 2016

Início do eclipse parcial: 06:13 TU (Tempo Universal, precisamos de o converter para o horário local)
Início do eclipse anular: 07:17 TU
Máximo do eclipse: 09:01 TU
Fim do eclipse anular: 10:55 TU
Fim do eclipse parcial: 12:00 TU

Este eclipse do Sol, na sua forma anular, poderá ser vista numa estreita faixa que tem início no Oceano Atlântico, passando depois por vários países de África, como é o caso do Gabão, Congo, República Democrática do Congo, Tanzânia, Moçambique e Madagáscar, seguindo ainda para a Ilha Reunião, terminando no Oceano Índico. Na sua fase anular, o tempo de observação máxima será de 3 minutos e 6 segundos nos locais mais privilegiados. Na sua forma parcial, este poderá ser observado numa parte significativa do Oceano Atlântico, em quase todo o continente de África e numa grande parte do Oceano Índico.

Eclipse penumbral da Lua – 16 de Setembro de 2016

Lua entra na penumbra: 16:55 TU (Tempo Universal, precisamos de o converter para horário local)
Meio do eclipse: 18:54 TU
Lua sai da penumbra: 20:54 TU

Este eclipse penumbral da Lua poderá ser observado nas regiões mais a leste do Brasil, em grande parte do Oceano Atlântico, Europa, África, Ásia, Oceano Índico, Oceania e parte do Oceano Pacífico. De salientar que num eclipse penumbral, a Lua apenas diminui um pouco o seu brilho, podendo passar despercebido a quem não souber da ocorrência deste fenómeno astronómico.

Para ver com mais pormenor quais os locais onde este eclipse lunar poderá ser observado, clique aqui

Fonte: Site Astronomia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s